sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Estou vivendo um problema...

Eu evitei ao máximo falar sobre o problema aqui no blog, pq imaginei que seria resolvido logo, mas me enganei! A lição que tiro disso tudo é que nunca devemos confiar em ninguém e que é bobagem tentar ser boazinha! O problema é com o empreiteiro aqui da minha casa, ele foi contratado para me entregar a casa pronta, menos pintura e elétrico a R$250,00/m². O prazo para a entrega da casa era de 1 ano, mas lá pelo 10° mês começaram as reclamações dele em relação a minha casa, falava a toda hora que não tinha ganhado nada com minha construção, que ela só trouxe prejuízo pra ele e que os acabamentos não foram como ele imaginava que seriam, que era tudo muito complicado e demorado. Percebi a mudança em seu comportamento e ele começou a querer tirar o corpo fora, tentou de todas as maneiras me tirar de ideia de coisas que eram mais complicadas de fazer, pouco se importando com o que era o certo, o melhor e mais bonito. Foi nessa época que comecei a me irritar, pois tudo que eu ia fazer ele colocava dificuldades! 
Se eu pudesse citar um pedacinho da casa que foi o campeão de problemas esse seria o cantinho da banheira, vcs já conhecem os outros problemas dela né? (aqui) Então... Como já falei anteriormente o caixote de alvenaria para receber a banheira foi feito depois do banheiro revestido, e não sei por que cargas d' água, nem eu nem o pedreiro e nem o empreiteiro (mestre de obra) nos ligamos que o revestimento da parede tinha que ser interrompido, assim como nos rodopias, e depois continuado para cima, deu pra entender isso? O negócio foi o seguinte, subiram reto com o revestimento, até o teto, e eu já tinha projetado de fazer o rodobanheira, juntamente com a soleira da janelona, tudo colado em 1/2 esquadria. Eles assentaram as pedras que rodeiam a banheira (as que ficam deitadas) e só depois percebi que as outras, que ficam encostadas na parede na vertical, tipo rodopia sabem como? Teriam que ser colocadas por cima do porcelanato. aí eu achei que não ia ficar bom, todas as outras pedras ficaram embutidas na parede, eu quis cortar no porcelanato, daí é que começou a primeira confusão, o pedreiro que estava aqui na época era caprichoso demais (aquele que fez os cortes perfeitos nos registros lembram?) e concordou comigo de cortar na maquita e tirar o pedaço do porcelanato para encaixar a pedra de mármore, combinado então, o medidor da marmoraria estava aqui, eu e o pedreiro, então combinado! Eis que um certo dia eu ligo pra saber das pedras e o marmoreiro me fala que o Reginaldo (o mestre de obra, empreiteiro) ligou lá e falou que não iriamos cortar no porcelanato não, que era pra ele fazer as pedras para serem coladas por cima! O marmoreiro achou que eu sabia, e eu... nem imaginava que ele tinha tomado essa decisão sozinho, sem me consultar, simplesmente pq ia dar mais trabalho para o funcionário dele! Tudo bem, ficamos no dilema dessa pedra, uma indecisão, junto com a raiva e a dúvida se iria ficar bom  se fosse colada por cima, e o marmoreiro esperando a minha decisão para cortar as pedras. Foi então que ele trocou os pedreiros, tirou esse bom de serviço e sem pressa e colocou outro não se importava muito com a qualidade (pra não falar que era porco) mas era mega rápido. Claro... o dinheiro estava acabando, eu já havia pagado quase tudo pra ele e o tempo estava se esgotando, o jeito era colocar um pra acabar de qualquer jeito! E assim foi feito, esse novo pedreiro chegou quando o outro ainda estava aqui, por 3 semanas 3 pedreiros trabalharam juntos aqui em casa, ele precisava acabar logo! Até aí eu tava achando ótimo, mas logo vi a diferença de acabamento entre um e o outro. Tudo bem... o importante é acabar. Então depois dessas 3 semanas ele tira os outros dois e deixa o (ronque-ronque). Foi aí que começou o meu pesadelo, o homem não me escutava, fazia tudo do jeito que ele queria. E o empreiteiro desapareceu!!! Nessa altura tinha sobrado apenas R$400,00 para terminar de paga-lo, ele estava acabando, mas a bendita pedra da banheira ainda não estava pronta, assim como aquela torneira de parede do lavabo lembram? Aquela que a pedra teve que ser arrancada! Eu tive que arrumar um bombeiro por fora para instalar essas benditas torneiras de parede pois o empreiteiro (mestre de obra, bombeiro e ex pedreiro) se recusou a instalá-las, pois eram muito complicadas, pra não perder o dinheiro das torneiras já compradas eu encontrei um bombeiro que as instalou mas conto isso detalhadamente em outro post! Quando esse bombeiro as instalou o pedreiro ronque ronque já tinha ido embora com a promessa de voltar quando as pedras estivesse prontas! Então eu fiquei esperando a marmoraria vir fazer os outros dois furos da rodopia do lavabo e me entregar as pedras que ficaram faltando. Nesse meio tempo liguei para o empreiteiro pra perguntar que dia que ele viria instalar os vasos e as torneiras (isso estava combinado desde o primeiro dia da nossa conversa com ele, estava incluído tudo, menos parte elétrica e pintura) ele vivia falando que ele mesmo iria instalar, que faria isso nuns dois dias que era super simples e tal, mas quando liguei dizendo que o pintor estava acabando, que ele podia vir adivinhem?? Ele me falou na maior cara dura que não iria mais voltar aqui, que já tinha tomado prejú demais com a minha casa e que arrumasse um bombeiro pra fazer isso, pois ele não tinha tempo. Lembram que ainda tinha R$400,00? Pois é, vcs acham que dá pra fazer alguma coisa com esses R$400,00?
Daí eu fiquei p*** e muito estressada, se ele não viria instalar essas torneiras vcs acham que ele mandaria o pedreiro para assentar as pedras? Claro que não! E desde então estou nesse dilema! O que falta aqui em casa pra acabar é só isso! E o ódio me consome, eu confiei nessa pessoa, nunca pedi um recibo de pagamento, não fiz contrato, tratei os funcionários dele como pessoas da minha família e é isso que recebo em troca!

Bom pra aprender né? Agora é arcar com o prejú, já que vou ter que contratar alguém para fazer o serviço já pago a ele e que não foi concretizado!

Bjos e ótima sexta feira pra vcs!!

22 comentários:

  1. Nossa Alê que transtorno, heim!!! Infelizmente nem tudo são flores...Construção é estressante, mas no fim dará tudo certo!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem que fazer o contrato antes de tudo, e deixar uma parte pra pagar só depois que terminar, tudo previsto no contrato, inclusive as penalidades por serviço mal feito.

      Excluir
  2. Nossa Alê que transtorno, heim!!! Infelizmente nem tudo são flores...Construção é estressante, mas no fim dará tudo certo!!!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ô Alessandra, que chato!
    Mas a dica que eu dou é para você não ficar se consumindo em ódio, tenta esquecer e deixar pra lá, no final das contas, quem vai perder é esse empreiteiro que vai ficar com o filme queimado. Ficar com raiva pode te deixar doente e não vale à pena.
    Beijo,
    Lívia

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alê, o melhor a fazer nessa situação é seguir adiante e esquecer o canalha. Meu marido e eu já passamos por duas construções e uma reforma. E sempre quando está no finalzinho, nos últimos acabamentos eles começam com as mesmas reclamações: que deu muito trabalho, pra eles foi prejuízo, essas coisas... E na minha cidade o que vc pagou no m2 é o mínimo que cobram por aqui. Então, na primeira construção, tivemos seis construtores para finalizar o acabamento (elétrica foram dois, piso e azulejo foram dois e pintura mais dois), imagina isso. Nós contratávamos os infelizes, eles começavam, recebiam desproporcionalmente ao que realizavam (éramos inexperientes e de boa fé), eles reclamavam e davam no pé. Foi uma tristeza. Eu ficava arrasada e deprimida com a falta de caráter das pessoas. Finalmente aprendi com meu marido que o negócio é bola pra frente. Não adianta ficar remoendo aquilo que não tem jeito. Quando a pessoa não tem escrupulos, não tem consciência, amiga. Tem que partir pra outra, seguir em frente e não deixar a nossa felicidade ser abalada. Pois a sua vitória é grande, sua casa é linda e vc deve vivenciar essa alegria todos os dias. Desejo tudo de bom pra vc e sua família. Beijos.

    Nathália Pessoa

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga, tudo bem?
    Que coisa chata né! Olha uma coisa que eu aprendi durante a obra é sempre fazer eles assinarem pelo menos um recibo.
    Eu tive bastante dor de cabeça aqui, mas prejuízo mesmo foi só com o primeiro pintor, que pintou a parte interna. Só fez cagada, estragou todas minhas portas, manchou meu filet São Tomé, eu tenho vontade de matar ele, literalmente.

    Mas no seu caso o preju não é tão grande, eu sei que dá muita raiva, mas se vc não tem contrato não tem o que fazer, vai ficar se estressando a toa.

    Minha mãe começou reformar a casa dela, o projeto ia praticamente derrubar a casa velha e fazer outra. Ela estava com 80.000 na mão, pra uma reforma e não construção. Você acredita que mesmo eu falando na cabeça dela ela pagou tudo ao pedreiro sem ele fazer quase nada, sem brincadeira ela deu 25.000 pra ele. Um dia conto no blog a história, é de chorar coitada. Ela ficou mais de um ano morando que nem mendigo, sem vidros, sem piso, sem pintura, algumas partes sem reboco, telhado inacabado, quando chovia molhava tudo....imagina.
    Agora graças a Deus ela juntou um dinheirinho e estamos tentando terminar a casa dela, só que agora eu estou com o dinheiro na mão, pra ela não fazer cagada, ela não aprende. Só que dessa vez não vai ter luxo que nem ela sonhava.
    Eu fiz ele assinar o contrato, está na justiça, vamos ver se ela consegue receber pelo menos um pouco, só resta esperar.
    Vou contar no blog, é uma lição de vida pra quem vai começar uma obra.

    Espero que tudo acabe bem por aí.
    Bjão.

    ResponderExcluir
  6. Nossa Alê...Eu imagino a sua raiva eu passei poucas e boas com os 2 primeiros "pedreiros" que peguei pra fazer a minha casinha...gastei muitooooo dinheiro com eles e depois gastei mais um monte com material pra arrumar o que eles fizeram de errado....tive que refazer mais da metade da minha casa....tudo que eu ja tinha comprado tive que comprar tudo devolta porque foi feito errado ou mal feito....sem contar que tem paredes na minha casa que deu mais de 8cm de reboco......e calculando meio por cima a minha casa vai sair +ou- 450,00 o m2......Mas concordo com a Nathalia o jeito é bola pra frente e não ficar se martirizando....sempre falo pro meu marido...conseguimos até aqui....vamos até o fim...Deus nos dá força pra isso, e pode ter certeza que um dia mais cedo ou mais tarde, pessoas assim...vão colher o que plantam...... beijinhos e não deixe que pessoas assim atrapalhem a sua felicidade!!!!

    ResponderExcluir
  7. oi Ale!
    nossa q chato...
    passei por coisas parecidas nessa reforma do ape!
    acredita q um dia eu cheguei lá e ele tinha revestido todo o passa prato?
    eu tinha dito q não queria por azulejo nele, mas ele disse q do jeito q eu queria não ia ficar legal....ve se pode?!?
    quase tive um troço quando vi!!!

    a impressão q eu tive é q os pedreiros não respeitam ordens dadas por mulheres...
    ele prestava atenção só no q meu marido dizia, sabe?
    Quando eu falava ele ignorava....
    ai q raiva!!!
    mas ó...fica com raiva não!
    azar o dele!!!
    no final dá tudo certo!!!
    Boa sorte, viu?

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Nossa Alê ainda bem que falta pouca coisa, porque sem contrato e sem recibos, imagina se ele faz igual meu pintor que recebeu quase tudo e agora todo pintor que vai lá quer me cobrar tudo de novo e já vai logo dizendo que tenho de emassar a casa novamente!!! Anemmmmmmmm tem horas que dá um desanimo né!!! Há eu tbm tem um monte de pipininhos pra contar sabe!!! Mas são tantos pipininhos e pipinões que não final só espero que isso não se transforme numa salada bem indigesta!!! Pra variar o meu marmorista tá me enrolando... Já falei que agora vou ligar pra ele é de meia em meia hora pra ver se ele infara de mim e me entrega o banheiro de Carrarinha e o Crema Marfil rsrsrs... Não é sério... agente vai indo estressa!!!Ai..... Olha amiga já que vc vai ter de pagar alguém pra assentar as pedras do roda-pia da banheira, coloca elas embutidas do jeito que vc queria! Nossa amiga eu não vejo a hora de mudar e tenho até pesadelos com os problemas que ainda nem ví na obra sabe aqueles que agente só v~e depois que tá morando lá???? Pois é!!!
    Calma, respira fundo e pensa em tudo de bem feito que tem na sua casa, sua escada, os serviços do marmoreiro, o rejunte que vc acompanhou passo a passo e é claro além do seu bom gosto os jardins lindosssss!!! Boa sorte e bora pesquisar um bom pedreiro pra terminar essa mansão!!! Força nessa peruca loira amiga!!!!!

    Bjosssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alê Depois que vc deu o preço da sua mão de obra eu fui calcular quantos +/- eu ia pagar ao final e dá mais de R$250,00 o m² acredita!!! Credoooooooo ainda bem que não somei o que estamos gastando vou somar só depois de estar pronto, isso é só a casa sem móveis armários decoração etc....
      Núuuuuuuu onde agente arranca tanto dinheiro hem amiga???? Juro por Deus só tinhamos 180.000,00 pra construir acredita????

      Excluir
  9. rsrs e o meu mestre de obra que não quer neeeem me deixar comprar o porcelanato??? tudo q falo de novidade pra fazer na casa, ele não sabe. milagre eu achei essa semana quando ele concordou em colocar vedacit em todo o reboco (quero ver se vai colocar mesmo?) BJ

    ResponderExcluir
  10. Nossa Alê, que pena. Mas obra é assim, sempre tem aborrecimento, pelo visto na sua teve até poucos, conforme conversamos aquele dia vc teve sorte com a maioria dos profissionais. Pelo menos a sua obra está terminando e aquelas pessoas que passam por isso a obra toda? E sem contrato e recibo é dificil obrigá-lo a terminar, sem contar que se ele for aí, vai fazer tudo mal feito. De qualquer forma tenha calma e procure um bom profissional para terminar. Boa sorte. Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Olá! Me chamo Sandra e moro em Brasília. Há um ano e quatro meses meu marido faleceu. E desde então a casa em que estávamos construindo juntos ficou sob minha responsabilidade. Nesse período passou 3 pedreiros . Cada um deixou aqui um problema pra resolver. O pior deles foi um que recebeu, não terminou o serviço e me deixou com vários problemas que terei que refazer. Não sei quem, mas levaram um Play 3 dos meus filhos. Olha é muito difícil levar uma obra sendo mulher. Eles subestimam nossa inteligência e fazem e acontecem. Sei o que está passando. Espero que consigamos vencer as pedras , digo os pedreiros em nosso caminho. Felicidades. Sua casa está ficando linda!

    ResponderExcluir
  12. Alê querida, o que posso te dizer?! é díficil, mas faz como eu tento fazer quanto me deparo com uma situação assim: tenta ver o lado bom, que no seu caso será um acabamento melhor, já que ele deixou claro que faria porcaria!!! não pensa em valore$$$ ou vc fica louca!!!
    bjux e boa sorte!!!

    ResponderExcluir
  13. Infelizmente na vida da gente surge esse tipo de pessoa... mais lembre que tudo tem seu aprendizado, respire fundo e bola pra frente, é um obstáculo que tenho certeza que vc vai tirar de letra...
    Sua casa ficou linda. PARABÉNS

    ResponderExcluir
  14. Oi Alê!!
    Isto tbm aconteceu comigo. Vc não é a única a ser passada pra trás. O meu mestre de obra me cobrou na época 270,00 o metro com pintura sem eletricista. Como eu gosto de pagar tudo muito rápido, chegando quase no final, ele pediu mais 5.000,00 pq estava tomando prejuízo. Como meu marido é muito calmo e não gosta de confusão, ele deu... Que ódio!!! Sem falar que eu queria fazer as coisas como mais nichos, etc.... ele dava pra trás.... Foi um horror. Eu comprava assim mesmo e colocava na obra e fazia os desenhos para eles executarem. Depois veio falar que os detalhes seriam pagos a parte.. E ruim de pagar..
    Estragavam material pra caramba!!!!!Tive até que tirar licença da escola para acompanhar a obra.
    Mas agora, graças à Deus acabou!!!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  15. Pois é amiga, achamos que as pessoas são tão honesta quanto a gente e nos damos mal né! Aprendi que mesmo que seja o negocio feito com amigos, temos que fazer contrato e tudo mais viu. Ainda estou com a minha porta sem laquear, marido pagou tudo pro "amigo" e agora ja estamos pensando e fazer outra coisa com a aporta que esta um lixo, e bem a de entrada. Mas vivendo e aprendendo. Bjaum e que tudo dê certo!

    ResponderExcluir
  16. Poxa, falo todo dia com meu esposo q até então a gente deu muita sorte mesmo viu, pq sei q todo mundo fala que acontece essas coisas, n faltam relatos sobre isso... mas pelo menos a sua casa já está na reta final e logo logo vc estará nela e tudo isso vai terminar ok bjinhos Gily

    ResponderExcluir
  17. Nossa, parece que estou me vendo nesse seu depoimento. E o pior é que não tem jeito, de uma próxima vez vc vai acabar cometendo alguns destes mesmos erros, simplesmente pq é assim que as pessoas trabalham, infelizmente. Bjs

    ResponderExcluir
  18. Eu que sei viu!

    meu empreiteiro tb diz que não está ganhando nada com minha obra et e tal..
    Ele deu um prazo de 4 meses para entregar a casa erguida na altura de lage, sem reboco apenas com contra piso e estamos já com quase nove meses e agora que saiu a segunda lage pra começarmos o telhado...

    Estressante!

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  20. Após ler tudo, sou obrigado a dividir a minha experiência de 20 anos executando obras públicas e privadas de grande porte.
    1º Parabéns pela sua contribuição a humanidade Alê!!! Nunca conheci um engenheiro ou arquiteto que conseguisse detalhar uma obra da forma que você fez, simplesmente foi fantástico!!!
    2º A sua casa é de altíssimo padrão e estampa em todos os detalhes a marca registrada do seu elevado bom gosto novamente Parabéns!!!
    3º Sinto lhe informar, mas o seu empreiteiro tomou prejuízo sim! Analisando a forma como sua obra foi projetada, depois a forma como foi executada e depois a forma como foi paga, posso afirmar que o seu empreiteiro tomou um bom prejuízo na sua obra. A culap é sua? Não! Neste meio não existe um só culpado, explico:
    Presta atenção na forma como a parte legal ocorreu. Você contratou um arquiteto ou engenheiro civil, explicou o que queria e ele desenhou, ocorreu uma seção (longa ou não) de mudanças no seu projeto até que as disposições dos ambientes, paredes, janelas e outros satisfizessem o seu desejo, correto? Até ai é tudo normal, mas é daqui em diante que a obra perde o rumo, Por quê? Cabe ao profissional contratado (eng./arq.) Projetar a obra de acordo com as leis vigentes, Definir os materiais e formas de aplicações, Quantificar os insumos, serviços de acordo com seus consumos, Relacionar em uma planilha de serviços e materiais, Orçar de acordo com os preços de mercado e por fim entregar ao proprietário o valor da sua obra. Então o meu profissional deve fazer tudo isso? Sim! Porque ele não faz? A resposta é composta de: A) O cliente não sabe disso para exigir, B) A maioria dos profissionais não faz, então fica a ala do eu só faço se alguém fizer, C) Custa caro fazer isso, D) Exige profissionais altamente capacitados.
    Caro Leitor, para você ter ideia do que estou falando, um orçamento completo de materiais e serviços da casa da Alê, montado com base em composições, não baixa de 300 páginas. Nossa, porque tanto? Justamente para não iludir ninguém. O que é exatamente isso? Tome como exemplo o muro frontal da sua casa Alê, rebocar uma parede lisa é um preço, agora fazer um reboco frisado é outra. e quanto mais friso mais caro, logo o preço do metro quadrado de reboco é X e o preço linear do metro de friso é Y (entende?) e aplicar filetes de pedra são tomé fica ainda mais caro.
    O que naturalmente ocorre é que o cliente quer uma coisa no início, depois muda de ideia ou amplia as possibilidades. O empreiteiro é contratado por metro quadrado de obra e não por serviço existente na obra, ou seja, tabela-se (por cidade ou até bairro) um preço fixo, por exemplo R$ 250,00/m² e depois executa-se a obra incluindo-se serviços nela, como foi o exemplo do muro que não estava previsto. Ai o empreiteiro vai e diz para o cliente “eu não orcei o muro no preço que fiz para você”, ai o cliente diz “eu comprei de porteira fechada”, e então nascem as desavenças.
    Uma ótima forma de contratar a sua obra, já que você acompanhou do início ao fim, é localizar uma equipe ótima, pagar os profissionais por mês, salário individual de cada profissional conforme sua categoria (mestre, pedreiro e servente). Ao mestre ou líder da equipe você paga um % ou um valor acertado ao final da obra quando a obra concluir. Ai não tem prejuízo para ninguém. Todos os profissionais devem te fornecer nota fiscal de serviços prestados como autônomo e a nota é emitida pelo profissional na prefeitura de sua cidade. A contratação de autônomo praticamente te exime de uma ação trabalhista mais pesada.
    Alê já passei o que você passou, a experiência me ensinou que as coisas funcionam melhor da forma como expressei acima, com alguns complementos é claro!

    Novamente parabéns pelo seu blog, indico a todos amigos que pensam em construir, você foi guerreira!!!

    ResponderExcluir

Vou adorar se você comentar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...